terça-feira, 15 de abril de 2008

chuva, pizza e lasanha

Alguém percebeu que domingo o céu desabou sobre o Recife? Foram raios interferindo na luz, um céu escuro como carvão e trovões que faziam tremer as paredes. Parecia um filme do Rolland Emmerich com pássaros voando no sentindo contrário ao das nuvens e tudo. Passados quinze minutos de água, a Avenida Caxangá estava completamente alagada, em especial naquele trecho do viaduto, no cruzamento com a BR. Do nada, surgiu ali um novo rio pra Veneza brasileira. Escoamento zero. É sério, moro por aqui há muito tempo e nunca vi tantos carros quebrados de uma só vez. O melhor foi que os malas de sinal, aqueles rapazes insuportáveis limpadores de vidro arrumaram um novo emprego: guincho humano de carros quebrados. Achei genial ver os dondocas morrendo de medo, mas tendo que pedir ajuda aos malas e pagando com todo prazer por esta ajuda. Quando a chuva começou e eu vi o céu escuro daquela maneira, só fazia me perguntar:

- Por que estou na fila do bompreço em pleno apocalipse?

E lá estava eu, comprando pizza e lasanha.

2 comentários:

disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

e eu que num tinha o que fazer e fui pro shops pagar conta.

He he he

Bjo

marília disse...

putz... queria ter visto essa cena na caxangá! muito bom!





gostei das idéias, olhares e viagens.
=)