terça-feira, 22 de julho de 2008

Mais Você

Nunca pensei que um dia iria entrar nesses sites de receita de nomes super engraçados, mas desde que estou morando sozinho, essa tem sido uma saída precisa para não cair na dieta do miojo e da água. Nesse meio tempo até aprendi o que significa 'untar a vasilha', aprendi também a fazer purê de jerimum e até já sei fechar a panela de pressão. Sempre em pânico achando que ela vai explodir a qualquer momento, mas tudo bem. Todos sabem que isso é bem normal no começo. Ontem fiz soja e há quase um mês, meu primeiro feijão. Gostei do resultado. Sério mesmo. Por sinal, o feijão tá caro e a charque também - escutei duas donas-de-casa comentando isso no supermercado.

Só tem uma coisa: quando escrevem lá na receita 1kg de batata ou 1kg de qualquer outra coisa que não vem em embalagem marcadinha dizendo 1kg, como é que eu faço pra descobrir o peso certo se não tenho uma balança na cozinha? Sinto que essa parte sempre fica subtendida, só que eu particularmente não entendo. Terminei segurando numa mão as batatas e na outra um saco de feijão, aumentando e diminuindo a quantidade de batatas e fazendo do meu próprio corpo e de minha noção, balança. Daí vocês tiram. Não sei se foi por causa da mentira que a receita ficou mais ou menos ou se perdi o tempo ideal ou se fiz besteira na hora de misturar o leite com o creme de leite, mas é justamente nessas horas que eu meu sinto muito Neville Longbottom. Odeio a aula de poções.

Um comentário:

nandodijesus disse...

Pô cara, é sempre um barato ler seus textos. Tô só imaginando. Ó, eu não moro só mas cozinho lá em casa. Quando precisar de umas dicas...